Virtualização de Active Directory no VMware

Olá Homelabers!

Nesse post vou falar sobre um assunto que ainda é um tabú em qualquer projeto de virtualização: Virtualizar o Active Directory ( e aqui estamos falando basicamente do Microsoft Active Directory Domain Services) ou manter em um servidor físico.logo-active-directory-720Lá atrás haviam questões técnicas para evitar essa prática, mas com o passar do tempo e a evolução do VMware e também da tecnologia atual do Windows Server 2012, esse assunto foi totalmente resolvido e hoje não existem motivos para deixar de aproveitar os benefícios da virtualização.

Muitos departamentos de TI ainda relutam em virtualizar completamente os controladores de domínio (Domain Controllers – AD DS). A maioria das organizações mais conservadoras têm uma aversão absoluta para a virtualização de DCs, enquanto outras organizações escolhem virtualizar uma parte do ambiente AD DS e manter uma parte em hardware físico. Os dados empíricos indicam que a causa desta oposição a virtualização de DCs é uma combinação de fatos históricos, desinformação, falta de experiência em virtualização ou medo do desconhecido.

A VMware publicou em 2004 – que ainda está bastante atual – um paper  chamado “Virtualizing Active Directory Domain Services On VMware vSphere” onde é abordado a fundo todos os aspectos técnicos para acabar com esse mito sobre a virtualização de ADs.

Este ano eu participei de um projeto la na FIRMA onde essa questão foi levantada e confesso que eu também tinha a ideia de que era “mais seguro” manter ao menos um AD em hardware físico, mas depois de estudar bastante sobre o tema, procurar informações, conversar com especialistas e colegas, acabamos por definir que os ADs seriam todos virtuais e assim estão hoje.

Portanto, se você ainda estiver em dúvida sobre virtualizar ou não o seu AD, pode ir sem medo 🙂

O documento pode ser acessado nesse link. Eu também baixei o documento e disponibilizei para download aqui no blog (em Inglês – PDF 2Mb)

E pesquisando mais sobre o assunto, encontrei no SlideShare 4 apresentações que falam sobre o tema. Vale a pena dar uma olhada.

Se você está envolvido em um projeto de virtualização e ficou na dúvida se virtualiza ou não o seu AD, deixe o seu comentário nesse post e não se esqueça de seguir o HomeLaber no Twitter (@Homelaber) e dar um LIKE a nossa página no Facebook (fb.com/homelaber).

like_my_page_please__

 

Só mais um cara quase 40rentão com mais de 15 anos trabalhando com “computação”. Mestre em Nada, NINJA 9º DAN em Coisa Nenhuma.

Conhece um pouquinho de Infraestrutura, Redes, Servidores, SO, Virtualização, Desenvolvimento, Suporte e Helpdesk.

Editor do blog Homelaber Brasil (http://homelaber.com.br)

Nerd, Acumulador, Corintiano-Maloqueiro-Sofredor, Old School Gamer (Arcades), Marido, Pai da Mariana, do João e da Gabi, fotógrafo aposentado e bebedor de cerveja e whiskey.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *