Aprendendo Ansible – Livros sobre Ansible

Olá Homelabers!

Fim de ano chegando… é sempre a mesma história: Projetos, deadlines, metas, confraternizações, etc. Correria master e cadê o tempo para blogar?

livros600

Mas vamos lá…

Hoje eu vou falar sobre alguns livros que comprei recentemente para começar a me aprofundar no “mundo de” DevOps (mas isso é assunto para um outro post, pois se você perguntar a 10 pessoas diferentes o que é DevOps, você certamente receberá 11 respostas diferentes). A ferramenta que eu escolhi para começar foi o Ansible.

Sou um cara que gosta muito de ler – só não tenho tanto tempo quanto gostaria – mas gosto de comprar livros, ter livros para consultar e seguir. Passeando pela Amazon, acabei comprando 4 livros (todos digitais para Kindle) sobre Ansible para dar o start (infelizmente os livros são todos em Inglês). Eu procurei mas não encontrei nenhum livro escrito em PT-BR sobre Ansible.

Ainda não posso fazer um review pessoal de cada livro, mas antes de comprar, li alguns review na internet e fiquei satisfeito.

Sem mais delongas… os livros de Ansible que comprei são esses:

Ansible Up and Running
Ansible Up and Running

Ansible: Up and Running – Lorin Hochstein

Esse foi o livro que escolhi para começar. Já li alguns poucos capítulos e já gostei. Começa bem do basicão para quem não sabe nada (como eu) e vai se aprofundando.

learning-ansible

Learning Ansible – Madhurranjan Mohaan

Esse eu ainda nem abri, mas é outro livro básico. Com instruções passo-a-passo para iniciantes.

ansible-playbook-essentials

Ansible Playbook Essentials – Gourav Shah

Outro que não abri, mas escolhi esse título, pois ele é um pouco mais avançado que os anteriores. Espero encontrar “receitas” prontas e exemplos para começar a desenvolver os meus playbooks.

Ansible-for-DevOps-192x250

Ansible: Up and Running – Lorin Hochstein

E finalmente, esse título me chamou a atenção pois fala sobre casos e aplicações do mundo real. É sempre bom para se inspirar.

É isso pessoal, Ansible é mais um quadradinho na minha listinha de tarefas (ela está enorme). Minha sugestão, se você quiser (vale a pena, nunca é demais) começar a estudar Ansible é começar pela documentação oficial, depois se aprofundar mais por sites (volte sempre aqui, pretendo falar muito sobre Ansible e VMware) e começar a colocar a mão na massa no seu Homelab.

Até mais pessoal!

Só mais um cara quase 40rentão com mais de 15 anos trabalhando com “computação”. Mestre em Nada, NINJA 9º DAN em Coisa Nenhuma.

Conhece um pouquinho de Infraestrutura, Redes, Servidores, SO, Virtualização, Desenvolvimento, Suporte e Helpdesk.

Editor do blog Homelaber Brasil (http://homelaber.com.br)

Nerd, Acumulador, Corintiano-Maloqueiro-Sofredor, Old School Gamer (Arcades), Marido, Pai da Mariana, do João e da Gabi, fotógrafo aposentado e bebedor de cerveja e whiskey.

3 Comments

  1. seria bacana fazer um comparativo entre ele e as outras opções (puppet, chef…) e explicar porque preferiu o ansible 🙂

    1. E ai Somatório 🙂
      Então, ainda não tenho base para fazer esse comparativo. Escolhi o Ansible pois ele me pareceu o mais simples para começar. Já olhei o Puppet, Chef, etc e me pareceram complicados no primeiro momento. Mas mesmo assim valeu pela dica. Está anotada!!

      1. sim, sim
        era uma dica pra um post futuro mesmo 🙂
        li em vários lugares exatamente isso, sobre o ansible ser mais simples pra começar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *